Pessoas que gostam deste blog

36 A parábola da recaída, Mt 12.43-45


A parábola da recaída, Mt 12.43-45
(Lc 11.29-32)

Quando o espírito imundo sai do homem, anda por lugares áridos procurando repouso, porém não encontra. Por isso, diz: Voltarei para minha casa donde saí. E, tendo voltado, a encontra vazia, varrida e ornamentada. Então, vai e leva consigo outros sete espíritos, piores do que ele, e, entrando, habitam ali; e o último estado daquele homem torna-se pior do que o primeiro. Assim também acontecerá a esta geração perversa.
Essa parábola da recaída quer ilustrar como Jesus levou a sério o seu chamado ao povo de Israel
para arrepender-se. – O Messias veio para expulsar de Israel o diabo da rejeição a Jesus, assim como, nessa parábola, o Senhor descreve um único endemoninhado do qual foi expulso o espírito imundo.
Se o povo de Israel, pela sua incredulidade, rejeitar Jesus, o Messias, o seu fim será pior que o início.
A vinda do Senhor não resultará em salvação para o povo de Deus, mas trará a desgraça. O diabo
expulso retorna com reforço sete vezes maior. Quanto maior for a oferta da graça, tanto mais terrível
será a queda. Que seriedade essa palavra traz também para cada cristão!
Fonte: Mateus - Comentário Esperança

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por nos visitar! Volte sempre!